Como a emissão de notas comerciais pode ajudar na gestão financeira empresarial?

Como a emissão de notas comerciais pode ajudar na gestão financeira empresarial?

Fazer uma boa gestão financeira é determinante para qualquer empresa que deseja crescer e se consolidar no mercado. Para isso, além das ferramentas tradicionais, como planejamento e orçamento, há como aproveitar outros instrumentos.

Entre eles, está a emissão de notas comerciais. Esses são investimentos de renda fixa cujas características podem favorecer a gestão de recursos da companhia. Como consequência, recorrer a eles pode ajudar o negócio a conseguir resultados estratégicos mais interessantes.

Quer entender como isso é possível? Continue a leitura e descubra como a emissão de notas pode auxiliar as finanças do seu empreendimento!

O que é e como funciona a gestão financeira empresarial?

O primeiro ponto que precisamos retomar é o conceito de gestão financeira empresarial. Na prática, ela compreende um conjunto de ações e estratégias para cuidar do dinheiro de um negócio em relação aos seus objetivos.

Além disso, para cumprir o seu propósito, a gestão financeira de uma empresa envolve diversas etapas, como o planejamento financeiro. A partir dele, é possível definir quais são os gastos e os ganhos da instituição, bem como os resultados de lucratividade e endividamento.

Depois desse ponto, há a elaboração de um orçamento, o qual define a distribuição de recursos entre os setores e processos do negócio. Ainda, ele pode ajudar a encontrar oportunidades para cortar gastos e aumentar a lucratividade, por exemplo.

Junto ao planejamento e ao orçamento, a gestão financeira pode dispor de estratégias voltadas para a captação de recursos. Assim, a companhia pode obter os valores necessários para realizar seus planos e atingir os objetivos empresariais.

Qual a importância de uma gestão financeira empresarial bem elaborada?

Como você viu, a gestão financeira de uma empresa envolve todas as etapas referentes ao cuidado com o dinheiro do negócio. Por conta disso, ela é indispensável para o sucesso do empreendimento.

É por meio dela que a companhia consegue gerenciar e até elevar seu nível de lucratividade. Afinal, o gerenciamento das finanças também prevê a realização de investimentos em melhorias e o cuidado com os custos dos processos, por exemplo.

Por isso, a gestão financeira bem estruturada está relacionada à continuidade do negócio no mercado. Além de auxiliar a empresa a se manter financeiramente, ela pode contribuir para aumentar a competitividade no setor de atuação.

O que são as notas comerciais?

Agora que você reconhece a relevância da gestão financeira no negócio, é importante saber quais ferramentas podem ajudar sua companhia. Em relação à captação de recursos, as notas comerciais são alternativas que merecem atenção.

Também chamadas de commercial papers, elas funcionam como uma espécie de promessa de pagamento emitida pela sua empresa, em favor de um investidor. Com isso, quem investe oferece os recursos, mediante o compromisso de pagamento assumido pela sua companhia.

Além desses conceitos iniciais, vale a pena entender melhor como as notas comerciais funcionam. Por isso, veja quais são as principais características deste título.

Rentabilidade

Como as notas comerciais são aplicações de renda fixa, elas apresentam condições previamente conhecidas de retorno. Ao definir a rentabilidade, portanto, sua empresa pode optar por uma das seguintes modalidades:

prefixada: determina uma taxa de rendimento fixa, válida até o resgate da aplicação;

pós-fixada: prevê o acompanhamento de um indicador de mercado;

híbrida: é formada por uma taxa fixa mais a variação de um indicador de mercado.

Prazo

Outra questão importante sobre esses investimentos de renda fixa é o prazo. Ao serem emitidos, seja por uma companhia de capital aberto ou fechado, os commercial papers costumam ser mais voltados ao curto prazo.

Contudo, não há limitação de prazo, fluxo de remuneração ou correção para as notas comerciais — o que traz mais liberdade para o emissor. Isso as diferencia de outros títulos — como as debêntures —, que apresentam prazos estabelecidos, normalmente mais longos.

Garantia e emissão

Ao contrário do que acontece com certos investimentos, a nota comercial é um título privado de dívida que não exige a apresentação de garantias. Como consequência, sua emissão tende a ser mais simples e rápida, oferecendo dinamismo para obter os valores desejados.

No entanto, mesmo assim a emissão deve ser feita junto à Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Desse modo, é possível garantir a regulamentação desse instrumento para a captação de recursos.

Tipo de empresa

Ainda, você deve saber que as notas comerciais se destinam a certos tipos de companhias. Na prática, elas podem ser emitidas por empresas não-financeiras, de capital aberto ou fechado.

Além disso, sociedades anônimas, limitadas ou cooperativas podem realizar a emissão dos commercial papers. Nesse sentido, há uma abrangência maior que em outros valores mobiliários, como debêntures e certificados de recebíveis imobiliários (CRIs) ou do agronegócio (CRAs).

Como a emissão de notas comerciais pode ajudar na gestão financeira?

Até aqui, você descobriu como as notas comerciais funcionam. Mas, como a emissão dessas notas pode ser útil para a gestão financeira empresarial? Isso acontece porque, primeiramente, ela é uma alternativa para captar dinheiro.

Logo, o negócio conta com uma fonte de recursos no mercado de capitais, o que pode auxiliar a executar planos e atividades diversas. Além disso, por ser uma opção para captação, inclusive, no curto prazo, as notas comerciais costumam ser úteis para planos que exigem liquidez.

Pode ser o caso, por exemplo, de emitir os títulos para atender à necessidade de capital de giro em determinado momento. Assim, os demais recursos da companhia podem ser utilizados para atingir outras metas financeiras.

O uso desses investimentos para compor o capital de giro também pode ajudar a empresa a ter mais segurança e previsibilidade. Mesmo diante de situações atípicas, é possível manter o funcionamento das operações graças à disponibilidade dos recursos.

Ainda, emitir os títulos tende a ser mais barato que solicitar empréstimos ou financiamentos. Logo, há um nível menor de endividamento da companhia. Assim, a empresa pode ter uma gestão financeira mais estratégica, fazendo com que ela permita alcançar melhores resultados ao longo do tempo e se destacar da concorrência.

Neste artigo, você descobriu que a emissão de notas comerciais pode ser útil para otimizar a gestão financeira de um empreendimento. Por isso, vale a pena considerar essa alternativa do mercado financeiro para apoiar o alcance dos objetivos financeiros empresariais.

Gostou de conhecer os commercial papers? Se quiser saber mais sobre esses e outros instrumentos de captação e gestão financeira, entre em contato conosco da Laqus!

Acompanhe:

Endereço: Av. Pedroso de Morais, 433 - 9º andar - São Paulo - SP - E-mail: contato@laqus.com.br

O seu endereço de e-mail será usado com a finalidade de uma oportunidade, notícia sobre nosso ecossistema
e contato da Laqus. Encarregado pela LGPD para: Laqus S.A - Andréa Vilalba - Telefone: (11) 3522-4022