O que é uma empresa de capital aberto na bolsa de valores

O que é uma empresa de capital aberto na bolsa de valores?

A bolsa de valores é um ambiente de negociação para diversos ativos e, entre eles, estão as ações. Para entender esse tipo de investimento, entretanto, é necessário saber o que é uma empresa de capital aberto.

Afinal, é essa mudança sobre o capital social que possibilita que investidores participem dos resultados dos empreendimentos. Ao mesmo tempo, vale saber que essa não é a única alternativa existente no mercado de capitais para investir em empresas.

Por isso, entenda o que é um negócio com capital aberto e descubra quais são as outras possibilidades de investimento!

O que é uma empresa de capital aberto?

Uma companhia de capital aberto representa um empreendimento cujas ações são negociadas na bolsa de valores. Isso significa que qualquer investidor interessado em comprar os papéis disponíveis e se tornar um acionista.

Como o investidor passa a ser um sócio da empresa, ele assume os riscos da companhia. Porém, também é possível se beneficiar de uma possível valorização dela e, portanto, do aumento de preço das ações. Também há chances de receber proventos, como os dividendos.

Como funciona o processo de abertura de capital?

Além de entender o que são empresas de capital aberto, é preciso compreender como ocorre esse processo de abertura. Na prática, a compra e venda de ações na bolsa acontece a partir da oferta pública inicial (IPO).

Porém, antes de fazer um IPO, o negócio deve atender a diversas obrigações previstas pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Logo, no Brasil, as empresas de capital aberto precisam cumprir todas as regras desse órgão regulamentador.

Entre elas, estão o pedido de registro, a apresentação de dados e relatórios e a realização de auditorias. Também ocorrem processos para identificar os interesses do mercado na empresa e para precificar as ações.

Uma vez que ocorra o IPO, a gestão deve ser transparente, atendendo aos critérios da governança corporativa. Assim, as decisões das empresas listadas na bolsa envolvem o conselho administrativo formado por todos os sócios. Já os resultados, como o balanço patrimonial, são divulgados trimestralmente para todo o mercado.

Quais as diferenças entre empresas de capital aberto e fechado?

O próximo aspecto para entender sobre uma empresa de capital aberto é a diferença que existe para uma companhia de capital fechado. Na prática, a principal distinção é o tipo de participação que pode existir em relação aos sócios.

Como você viu, as empresas com ações negociadas na bolsa de valores podem receber investimentos de qualquer interessado em adquirir os papéis. Já em um empreendimento de capital fechado, a participação depende de um acordo de aquisição de parte da companhia.

Então, embora em ambos haja uma divisão do controle, a empresa de capital fechado pode decidir quem participará do negócio.

Quais são as vantagens da abertura de capital?

Passar por todo o processo para abrir o capital é vantajoso tanto para a empresa quanto para os investidores. Uma companhia que realiza esse procedimento consegue captar dinheiro pela venda das ações emitidas. Com isso, ela terá recursos para investir em processos de expansão, melhoria ou fortalecimento, por exemplo.

Para o investidor, existe a chance de participar dos resultados das empresas listadas na bolsa. Além de ter a oportunidade de lucrar com a valorização, há outras formas de obter retorno, como o recebimento de dividendos. Nesse caso, o investidor recebe parte do lucro líquido do negócio.

Quais são os riscos e as desvantagens?

Apesar das vantagens, também existem riscos e pontos negativos que devem ser considerados em relação às empresas de capital aberto. Para a companhia, é preciso considerar a necessidade de ceder parte do negócio para os acionistas.

Afinal, o processo gera mudanças na estrutura societária, na tomada de decisão e no funcionamento geral. Ademais, é necessário atender a diversos critérios regulatórios e de transparência. Portanto, há uma mudança na forma de atuação da companhia.

Para os investidores, esse é um investimento de renda variável. Logo, não é possível prever se o aporte trará ganhos ou qual será o resultado obtido, existindo riscos de perdas financeiras.

Além disso, quem investe fica exposto às decisões e circunstâncias do negócio. O cenário pode afetar a atratividade da companhia e impactar seu valor de mercado.

Quais empresas podem abrir capital?

Após conhecer os pontos positivos e negativos da abertura de capital, vale saber que, teoricamente, toda empresa pode ter ações negociadas na bolsa. Não existem restrições quanto ao tamanho ou ao setor, desde que seja um empreendimento legítimo.

Porém, é preciso protocolar o pedido de registro na CVM, o que pode ser deferido ou não. Ainda, é necessário ter capacidade financeira e operacional para realizar todos os procedimentos exigidos até a abertura do capital.

Existem outras possibilidades de investir em empresas?

Até aqui, você viu que o investidor pode adquirir ações de uma empresa que é de capital aberto e participar do empreendimento. Porém, essa não é a única possibilidade para fazer investimentos que envolvem uma companhia.

Também existe a chance de recorrer aos títulos emitidos por empresas, os quais funcionam como um empréstimo. Nesse caso, quem aplica o dinheiro não se torna um acionista e, sim, uma espécie de credor do negócio.

No mercado de capitais, há diversas ferramentas que as empresas podem usar para captar recursos financeiros para seu patrimônio líquido. Há, por exemplo, o certificado de recebíveis do agronegócio (CRA) para empreendimentos desse setor.

Também existem as debêntures, que são títulos de dívida, e as notas comerciais, que funcionam como uma promessa de pagamento. Todas essas opções são aplicações de renda fixa e, por isso, tendem a oferecer previsibilidade e menos riscos que o investimento em ações.

No geral, saber como investir além da compra de ações é importante para o investidor que deseja diversificar ou atender melhor a seu perfil.

Para um profissional do mercado financeiro, como um assessor de investimentos, o conhecimento permite orientar os clientes acerca das alternativas de investimento — e mesmo as empresas sobre as alternativas para levantar recursos.

Com base no que você conferiu, foi possível aprender que uma empresa de capital aberto é uma companhia com ações vendidas na bolsa de valores. Essa é uma oportunidade para os investidores se tornarem sócios, mas existem outras formas de investimento que envolvem empresas — como os títulos de dívida.

Conseguiu compreender as características desse tipo de negócio? Se quiser conhecer melhor as oportunidades do mercado, fale conosco da Laqus!

Acompanhe:

Endereço: Av. Pedroso de Morais, 433 - 9º andar - São Paulo - SP - E-mail: contato@laqus.com.br

O seu endereço de e-mail será usado com a finalidade de uma oportunidade, notícia sobre nosso ecossistema
e contato da Laqus. encarregado pela LGPD para: Laqus Ltda - Andréa Vilalba - Telefone: (11) 3522-4022